Probabilidade

A matemática possui muitas ramificações, uma delas é a probabilidade, essa por sua vez atua na forma de cálculo, para que se preveja possíveis resultados em um experimento aleatório em questão.

No mundo da probabilidade os jogos de azar são o que chamamos de melhor exemplo, afinal é nessa que vai calcular a chance de determinado resultado ocorrer, muitos associam o surgimento da probabilidade diretamente com o surgimento dos jogos de azar;

Para entendermos melhor como funciona a probabilidade temos que saber sem dúvida o que é um experimento aleatório, sendo assim, vejamos, o experimento aleatório é aquele que pode mostrar resultados diferentes toda vez que for lançado, por exemplo, o dado.

Fórmula da probabilidade

Para que seja possível o cálculo do experimento aleatório, temos que efetuar a divisão, da quantidade de eventos pela quantidade de casos possíveis:

P = ; P = probabilidade, na = número de eventos e n = número de casos possíveis.

Exemplos de probabilidade

Para uma melhor compreensão, veja três exemplos de cálculo de probabilidade abaixo:

  • Exemplo: Dentro de um balde temos 8 flores com a cor rosa, 10 flores com a cor roxa e 22 flores com a cor preta, se precisarmos tirar uma flor qual a probabilidade de vir a flor com a cor roxa?

O número de eventos é o 10, afinal é essa a quantidade de flores com a cor roxa, enquanto que o número de casos possíveis é igual a 40, esse número é a soma de tudo que há no balde (possibilidade de ocorrência) O cálculo da probabilidade ficará:

P = = 0,25 ou 25%.

  • Exemplo 2: Qual a possibilidade de conseguirmos tirar 2 vezes consecutivas o número 2 num dado de seis lados?

Primeiramente temos que saber que a probabilidade de tirar um número em questão no dado seria:

P = = 0,166 ou 16,6%.

Sendo que 1 é a quantidade do número em questão no dado, no caso só temos um número 2, e 6 é a quantidade total de números.

Para conseguimos saber a probabilidade de tirarmos duas vezes o mesmo número no dado, temos que multiplicar o , isso deve ocorrer uma vez que cada jogada é independente entre si.

Assim, temos: * = , lembrando que multiplicamos 1 * 1 = 1 e 6 * 6 = 36, agora que realizamos a multiplicação pela quantidade de chances, teremos o valor da probabilidade:

P = = 0,027 ou 2,7%.

  • Exemplo 3: Dentro de um tanque de pescar possui 3 espécies de peixe, sendo que pela espécie um temos 21 peixes, dá espécie dois temos 47 peixes e dá espécie três temos 89 peixes, qual a probabilidade de tirarmos ao pescar um peixe da espécie três?

O número de eventos é o 89, pois essa é a quantidade de peixes que queremos, e o número do montante que há no lago é 157, sendo que esse último corresponde a casos possíveis, ficando a probabilidade da seguinte forma:

P = = 0,566 ou 56,6%.

comments

Gostou de Nossos Artigos? Então está esperando o quê !!! Inscreva-se Agora Mesmo e Receba no seu E-mail.

Guibson Oliveira Krause

Guibson Oliveira Krause

Olá amigos(as) estudantes, meu nome e Guibson Krause nascido em 18/01/1998, decidi criar este blog para ajudar pessoas que assim como eu estão interessados a fazer o Enem, e como todos nós sabemos que encontrar um bom material de estudo não e nada fácil, então eu tomei a iniciativa de criar este blog para dividir conhecimentos com vocês, meus artigos são escritos por redatores altamente qualificados para ajudar cada vez mais a você ingressar em uma boa faculdade. Bom estudo pra nós!!!! Divulguem esse blog nas redes sociais e faça a diferença no meio social. http://conteudoenematualizado.com.br

Website: http://conteudoenematualizado.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.